Imagem e reputação

Imagem e reputação
novembro 1, 2015 Suzane Rodriguez

O mundo dos negócios só existe porque sempre tem alguém precisando de algum serviço. Essas demandas partem de uma pessoa só ou de um grupo, que vão encarar como positiva, ou não, essa relação empresa-cliente.

Por esse motivo, o mercado de assessoria de imprensa está cada dia mais desafiador, pois as experiências negativas são difundidas facilmente com o alcance da internet. Pelo mesmo motivo, o comportamento da imprensa está mudando.

A rotina de uma assessoria de imprensa tem ido além de planejar e realizar coberturas, apurar, redigir, editar e distribuir informações a diversos veículos de comunicação. Cada vez mais, é importante promover reuniões com clientes e jornalistas, estudar relatórios, criar estratégias, com análise de cenário, criatividade, jogo de cintura e produzir conteúdo personalizado para os jornalistas.

O trabalho da assessoria tem de ir ao encontro a essas mudanças e personalizar os conteúdos, utilizando de ferramentas do content marketing, um movimento que cresceu no segmento de comunicação. Hoje, publicidade e propaganda estão de mãos dadas com os jornalistas e assessores de imprensa.

Mais que otimizar a concentração das informações da empresa, cuidar da reputação de uma organização paira principalmente no item “gerenciamento de crise”. Por exemplo, uma empreiteira vence uma licitação para a construção de uma obra, que pode ter problemas comuns, como intempéries, atraso nas obras, acidente trabalhista, questões com a comunidade, etc. A questão é: como se posicionar?

Por esses motivos, a assessoria de imprensa é um trabalho essencial para a reputação de uma empresa. Mais que conseguir publicações nos veículos, manter o relacionamento com a imprensa é vital para a empresa ser ouvida.